30 de out de 2012

Paul McCartney confirma que Yoko Ono não acabou com os Beatles

  Paul McCartney afirmou que Yoko Ono, a viúva de John Lennon, não foi a responsável pelo fim dos Beatles. O comentário foi feito em entrevista ao jornalista britânico David Frost, que vai ao ar no mês que vem.
“Ela certamente não separou o grupo, o grupo já estava se separando'', afirmou McCartney. Quando Yoko chegou, parte de sua atração era seu lado vanguardista, sua visão das coisas, então ela mostrou a ele [John] outra forma de ser, o que foi muito atraente a ele. Então era a hora do John partir, ele definitivamente sairia de qualquer forma”, completou.
  Paul ainda afirmou que Yoko teve um papel positivo sobre as criações de Lennon, ao dizer que “Imagine” não teria sido escrita sem ele: “Não acho que ele teria feito sem Yoko, então eu não que ela deve ser culpada por nada”.
  A entrevista de uma hora será exibida no mês que vem na rede Al Jazeera e é uma das mais extensas dadas recentemente por McCartney.

Via


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!