28 de jan de 2013

Dave Grohl em defesa dos bateristas com feeling

  Durante entrevista à Rolling Stone, Dave Grohl comentou sobre o estilo de bateristas que mais gosta: aqueles que não têm muita técnica, mas eram excelentes músicos. “Você ouve John Bonham e sente que ele não foi fiel ao metrônomo, mas foi lendário. Keith Moon tocava como se estivesse pegando fogo. Stewart Copeland não era bom de tempo, mas aquilo era o The Police”, disse.
  Sobre os bateristas da atualidade, Grohl foi enfático. “Atualmente seria difícil para um garoto achar um baterista favorito. A personalidade dos músicos tem sido roubada em nome da perfeição. É legal ouvir bateristas como Meg White, uma das minhas prediletas. Ninguém toca daquele jeito. Ou o cara do The Black Keys. Ou o cara do Vampire Weekend. Eles nunca seriam aceitos na Berklee School of Music, por não serem eficientes na técnica. Mas suas músicas mudaram o mundo”, completou.

Créditos ao Van do Halen


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!